domingo, 8 de fevereiro de 2009

Piratas do Caribe! Digo, da Somália?!

Bem, é chegada a minha vez de dividir este espaço com os senhores e senhoritas! Depois destes 3 posts iniciais impecáveis, fica até complicado ser o próximo. Mas cá estou! E depois de posts técnicos e muitas discussões, deixo aqui um tiquinho de descontração. Segue a formalização daquele post, que foi sabatinado pelos nossos 4 primeiros editores há meses atrás, mas que ainda se faz bastante contemporâneo, mesmo nesse nosso mundo que gira tão depresaa. E que seja sabatinado por vocês, caros modeleiros:



Definitivamente, sou um cinéfilo. E como muitos cinéfilos, adorei a trilogia dos Piratas do Caribe. Mas por mais cético que eu possa ser, me senti em um mundo onde a realidade parecia estar pulando diretamente dos telões das salas de projeção.

Talvez seja uma resposta claríssima à maldade das piadas de humor negro envolvendo os somalis. Talvez seja mais um destes fatos históricos non sense que só os que vivem naquele corte temporal podem presenciar, pois não foi lá grandes coisas para livros de História. Mas que a coisa é um verdadeiro freak show, isso é!

Em outubro e novembro, navios de guerra da OTAN e de países com embarcações atacadas foram para as áreas de ataques piratas, mas não resolveram muita coisa. O negócio ficou tão feio (e engraçado?), que se chegou ao cúmulo de especialistas britânicos anti-pirataria terem de ser resgatados dos piratas na Somália.

No fim das contas, é uma tristeza ver esse tipo de acontecimento, do lado de cá do mundo, sabendo que a Somália (bem como várias outras nações africanas) vem sofrendo por décadas, por conta do descaso – seja ele da sociedade internacional, dos políticos somalis e mesmo do acumulado histórico na região.

Já há algum tempo sem notícias das ações dos piratas. Será que a pirataria voltou, novamente, a ser algo das telas de cinema, ou será que a Crise mundial afetou até o que sobrava de “bom senso” (se é que existe algum senso) e estrutura nos ilícitos internacionais? E qual será o próximo título de cinema a escapar para nossa vida nos noticiários globais?

16 comentários:

  1. Quanto será que me pagam pra ficar com uma M16 no costado dos navios fazendo target practice nos piratas? É divertido e ainda dá uma grana!!!

    ResponderExcluir
  2. Quanto será que me pagam pra ficar com uma M16 no costado dos navios fazendo target practice nos piratas? É divertido e ainda dá uma grana!!![2]

    Eu ia comentar alguma coisa, mas o comentário do JP é irretocável.

    Foi doida a big crisis que rolou no ONU Jr. Era Somália. (:

    ResponderExcluir
  3. Hahahahaha
    Mas não se esqueça da "UN Convention against the Recruitment, Use, Financing and Training of Mercenaries" (coincidentemente vi muito disso em 2008 =P)!!

    ResponderExcluir
  4. Private Military Contractors não se encaixam nessa convenção. Basta ter um bom advogado e uma bos desculpa. uahuuhahuahuauh.
    (coincidentemente vi muito disso em 2008 =P) [2]

    ResponderExcluir
  5. Não sei porque lembrei do filme Demolition Man, de 93. Com Stallone, Wesley Snipes e Sandra Bullock. Passa na tevê direto! A história do Presidente Schwartzenegger - não sei se escrevi certo.

    ResponderExcluir
  6. Alguém chamou um bom advogado? Cá estou.

    ResponderExcluir
  7. Isso aqui deu uma caída.

    Constatação de um amigo preocupado.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo, gostaríamos de ouvir mais sobre sua constatação. Afinal, gostamos de usar o apoio dos amigos pra retomar os bons padrões. Se preferir, contate-nos pelo correiodiplomatico@gmail.com para que possamos ouvir e responder a tudo com mais calma. Obrigado =D

    ResponderExcluir
  9. "Quanto será que me pagam pra ficar com uma M16 no costado dos navios fazendo target practice nos piratas? É divertido e ainda dá uma grana!!!"

    com certeza, até o primeiro RPG acertar sua testa.

    ResponderExcluir
  10. Se um pirata Somali numa lanchinha em alto mar conseguir mirar um RPG numa pessoa, merece mesmo a grana que eles ganham. Treinamento de Commando.

    ResponderExcluir
  11. Efeito de área, bate a 2 metros no casco e já era.
    E não é bem uma lanchinha não.
    http://www.topnews.in/files/Somali-pirates_1.jpg


    Essa reportagem mostra um pouco com o que eles estão armados. Fiquei até surpreso, além do RPG eles também tem lançador de munição HEAT (antitanque, escreve assim depois da reforma ortográfica?).

    http://www.topnews.in/somali-pirates-have-collected-150-million-dollars-over-past-year-291927

    ResponderExcluir
  12. Hehehe o povo está bem familiarizado com os armamentos.

    Abner,pelo que vi, segundo as novas regras ficaria "antitanque"..

    ResponderExcluir
  13. Depende da munição. Se o RPG tiver com uma HE. Aí sim a coisa fica feia. E de qualquer forma esses barcos maiores eles usam como motherships. Não para fazer abordagens, que são feitas mesmo com lanchinhas toscas.

    E, be my guest, até onde eu sei nenhum pirata tomou navio sob proteção armada até agora. A não ser os especialistas britanicos usando armamento não letal. Um navio chinês (se não me engano) conseguiu impedir abordagem com coquetéis molotov.

    RPG não quer dizer mta coisa, no final das contas.

    ResponderExcluir
  14. A SUPER deste mês (Máfia na capa) traz duas páginas ilustradas de como os piratas atacam na costa da Somália.

    2. Bons posts, novos editores! Agora chega a hora de produzirem material novo =p

    3. Não acho que a crise econômica vá enfraquecer ou acalmar os piratas, muito pelo contrário!

    ResponderExcluir